Skip to content

Qual é o melhor tipo de carvão para churrasco?

Briquetes de carvão

Já decidiste comprar uma churrasqueira de carvão?  Excelente decisão! Agora tens de pensar que tipo de carvão vais usar para o teu grelhado pois o churrasco não depende apenas da carne ou do peixe. Estas a perguntar-te qual é o melhor carvão para o churrasco! Não é? 

Tipos de Carvão:

Carvão briquetes:

Trata-se de um bloco compacto, geralmente em forma cilíndrica, de alta densidade, composto por resíduos de madeiras, pó de serra, carvão ou outros resíduos. Por se tratar de material reaproveitado é muito ecológico pois usa sobras que teoricamente seriam descartadas ou poluiriam o meio ambiente. Mas, por se tratar de material denso, o briquete exige mais tempo de preparação o que pode dificultar o acendimento do fogo para quem não tem tanta prática, faz pouco fumo e não inflama muito por não ter tanta câmara de ar. O ponto negativo é a pouca mobilidade ao se tornar brasa já que ele é composto basicamente por pó, que pode apagar o braseiro.

Carvão vegetal: 

É o carvão mais comum e por isso o mais barato, proveniente da carbonização da madeira ou lenha. É barato, fácil acendimento, gera boa quantidade de calor e, quando de madeira de qualidade, tem excelente durabilidade no braseiro. Quando utilizado de uma marca séria e comprometida com o meio ambiente possui procedência de reservas de reflorestamento, que contribui com a natureza.

Carvão vegetal, o melhor  

A verdade é que é bastante fácil de decidir. Carvão vegetal, é, sem dúvida, o melhor para um churrasco. Este carvão é produzido pela queima da madeira a cerca de 500 graus celsius, na ausência de ar. 

Com isto elimina-se quase toda a humidade da madeira e aumenta o poder calorifico que o carvão terá mais tarde. O processo para fazer esse tipo de carvão é lento e dura cerca de 20 dias. 

O carvão é feito a partir de diferentes tipos de madeira. O carvalho é o mais comum, mas também podes encontrar de azinho, sobro, oliveira, eucalipto, laranja, quebracho blanco ou coco. Cada um tem um poder de aquecimento diferente, e a escolha pode ainda depender segundo os alimentos que vais preparar. 

Como podes identificar um carvão de qualidade? 

Na verdade, pode custar um pouco distinguir a qualidade de um carvão sendo um novato. É assim, o carvão que encontras num supermercado é de inferior qualidade do que podes comprar num comercio especializado. O motivo? Estes são fabricados com um processo que dura apenas algumas horas, rapidamente produzidos em massa. Portanto, tem poder calorifico inferior. 

O carvão de qualidade deve ter as seguintes características: 

  • Duradouro: O carvão de qualidade pode durar muito tempo aceso, o que o torna muito mais barato e envolve menos trabalho porque não tens que ir adicionando mais carvão ao barbecue 
  • Saboroso: Um bom carvão ajuda às carne, peixe, mariscos e legumes que tenham um melhor gosto.
  • Maior poder calorífico: No churrasco, o poder calorífico é tudo. Quanto mais elevado muito melhor. O carvão de qualidade atinge uma temperatura de 500 graus, enquanto que um de menor qualidade pode chegar aos 300 graus. Isso faz com que demores mais tempo em fazer os grelhados. 
  • Mais pesado: Um bom carvão também pode ser identificado pelo peso. Um saco de 3 kg de carvão de qualidade ocupa metade do espaço de um saco com o mesmo peso de um carvão de baixa qualidade. 
  • Evite o carvão muito quebradiço ou que apresente muito pó, por não ter muita qualidade. Quanto mais secos e grandes forem seus pedaços, melhor ficará a brasa, devido à possibilidade de circulação de ar na churrasqueira, o que potencializa a queima do carvão.

 

Como se deve acender o carvão? 

Não é algo que deve preocupar muito, porque o carvão é realmente muito mais fácil de acender do que parece. Não deves usar líquidos inflamáveis ou acendalhas, pois só por isso ele vai deixar um cheiro a petróleo nos grelhados. 

Usando um portabrasas ou um acendedor elétrico, pode-se acender o carvão. Como complemento para ajudar a que a ignição seja mais lenta, mas com certeza mais segura usam-se pinhas ou lascas de madeira.

 

É melhor o carvão ou lenha? 

Lembra-te que o carvão não deixa de ser madeira que foi submetida a um processo retardador de chama para obter essa forma. Mas a verdade é que existem algumas diferenças quando se trata de usar carvão ou lenha. A lenha também pode ser utilizada, para trazer sabor mais defumado ao churrasco. 

O poder calorífico do carvão é maior que o da lenha, pelo que se tens que fazer um grande churrasco, estarás mais interessado neste tipo de material. E para algumas carnes, sempre será melhor usar carvão vegetal do que madeira. Também dura muito mais tempo. O carvão pode ficar aceso por algumas horas, enquanto a madeira é consumida mais rapidamente. 

Por outro lado, a longo prazo, é muito mais barato comprar sacos de carvão do que de lenha. Claro, para algumas iguarias, será sempre melhor usar madeira. Mas, se queres economizar, o carvão será sempre a melhor opção. 

Sem dúvida, o carvão é melhor para churrascos. Porque o carvão vegetal é mais saudável, não é tão desagradável se o fumo atingir o teu rosto enquanto estás a cozinhar. Seja uma churrasqueira de tijolos ou de carvão recomendamos-te utilizar um bom carvão vegetal